19 de jan de 2010

BBB ¬¬


Semana passada começou mais um BBB! Até quando isso vai existir na televisão? Eu vou morrer e o Pedro Bial ainda vai estar lá mandando todo mundo dar uma espiadinha!

Já tentei, e não consigo gostar desse programa, não consigo ver a graça que a maioria das pessoas vê em ficar assistindo pessoas conversando, comendo, dormindo, cagando. E tem cidadão que paga pra ouvir o microfone da pessoa dentro da casa e saber o que ela ta falando, ou então compra o BBB 24 horas, porque alguém passaria 24 horas assistindo isso? Já até imagino de onde a Globo tira esse milhão que dão pro vencedor.

As pessoas são sempre iguais, tem sempre um ou dois velhos, tem sempre viado, e o resto das vagas com mulheres cheias de silicone e homens sarados. Agora cérebro é raro achar lá dentro da casa!

Até admito que deve ser muito divertido participar e morar naquela casa por uns meses, só não consigo assistir ao programa, simplesmente não tem graça!

Bom, de que adianta eu falar mal do programa? Vou ter que ficar 3 meses vendo notícias em destaque na minha página inicial e ouvindo comentarios de pessoas mesmo! Depois de 10 anos a gente acaba acostumando.

Beijos a todos e, por favor, parem de espiar!

7 de jan de 2010

Dentes, dentes, algumas cáries e mais dentes.


Engraçado. Realmente engraçado. Eu não tô com medo do vestibular. Um monte de gente fica apavorado ou neorótico só de pensar em UERJ, UFRJ, UniRio, ... Mas eu não! Eu quero mais é que ele venha. Tô até ansiosa pra entrar no curso e tal. Parece meio doido, né? Mas é verdade! Acho que eu não quero mais ficar de vagabundagem o ano inteiro... Pela primeira vez na minha vida eu quero estudar! (desconsiderem tal exagero. Foi só pra dar um certo drama à trama) Quero passar direto no 3º ano e de primeira pra odontologia! Tá aí outra coisa engraçada. Sempre que eu falo que vou fazer odonto me perguntam: "Ai, Clarinha... mas, por que Odonto?? Eu odeio ir ao dentista!" E eu não sei responder exatamente... Os dentes me chamam. Sempre me chamaram. Eu era aquela criança feliz que não tinha medo de ir ao dentista! Eu até gostava de ficar lá, enchendo o saco dele, perguntando o que que ele tava fazendo. E, de verdade, acho que não há outra coisa que eu queira fazer pro resto da minha vida além de cuidar de dentes alheios! :D
Enfim... Desejem-me boa sorte.